Novo pedido de patente da Amazon para usar drones de entregas em grandes centros

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Amazon pedido de entrega com drone

A visão da Amazon para usar drones de entregas defende a criação de armazéns verticais, onde drones estariam aptos para realizar entregas em cidades densamente povoadas

A Amazon tem sido uma das empresas pioneiras ao encabeçar um futuro onde encomendas serão entregues por drones a sua porta. 

Em março deste ano, revelou que seu programa de drones Prime Air conseguiu fazer sua primeira entrega em público nos Estados Unidos. A companhia usou um de seus veículos para entregar um pacote com filtros solares na conferência anual MARS 2017, que debate a evolução de tecnologias emergentes como machine learning, robótica e automação. 

Apesar de testar drones há alguns anos, a empresa ainda precisa superar sérios desafios para que a tecnologia realmente funcione, incluindo aí questões de legislação e logística.

Agora, um novo pedido de patente publicado nesta semana mostra como a Amazon enxerga o uso de drones a partir de grandes centros de distribuição em cidades densamente povoadas.

O documento detalha o que seria um depósito na vertical, com múltiplos andares. A companhia lembra que os depósitos atuais se encontram em regiões afastadas, aos arredores de cidades onde o espaço para os mesmos não está disponível. No entanto, centros de drones com vários andares poderiam ser construídos verticalmente, permitindo que sejam instalados dentro de áreas urbanas. 

Amazon colmeia de drones

Levar tais centros de distribuição para cidades é uma meta importante para o programa da Amazon tendo em vista que o mesmo pretende realizar qualquer entrega em até 30 minutos.

Mas a ideia de enxames de drones com pacotes voando em um horizonte já definido por muitos prédios e, claro, com muitas pessoas transitando as ruas, ameaça qualquer noção futurística de tranquilidade.

A patente então detalha tecnologias que poderiam neutralizar o barulho das hélices dos drones, como franjas que amorteceriam o som. Para reforçar a segurança, drones seriam equipados com vários conjuntos de rotores e motores, de modo que, se um falhar, o outro pode assumir o controle.  

As patentes não significam, entretanto, que a Amazon necessariamente irá construir tais soluções, mas certamente mostra que a companhia de Jeff Bezos não tem tido folga sobre o assunto. 

 

FONTE: idgnow

Curta nossa pagina no Facebook

Gosta de drones? entre para nossa lista de e-mails

Newsletter

Joomla Forms makes it right. Balbooa.com

Hiperdrone Homologado

Hiper drone homologados